DAEV - Departamento de Águas e Esgoto de Valinhos

Expectativa é que os 2,2 mil metros estarão prontos até a quarta semana de agosto, para trazer mais 35 litros por segundo ao sistema de abastecimento


Valinhos segue com ações para aumentar sua capacidade hídrica durante a estiagem. Exemplo concreto disso são as obras em andamento para a construção da nova linha de captação de água bruta do Rio Atibaia, que nesta semana chegou à marca dos 2,1 mil metros de tubos assentados, o que corresponde a 95% do trecho por gravidade concluído. As obras tem sido feitas por meio do Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV), Autarquia Municipal da Prefeitura de Valinhos.

Com total de 2,2 mil metros de extensão, o trecho por gravidade da nova adutora em execução chegou nesta semana à Rua Valmir Antônio Capelari, próximo à Escola Estadual Adoniran Barbosa. “O DAEV tem realmente trabalhado com afinco na execução dessa obra tão importante à nossa cidade, que permitirá à cidade aumentar em 7,7 milhões de litros por dia a capacidade hídrica do sistema de abastecimento”, destacou a prefeita de Valinhos, Capitã Lucimara.

Após o término do assentamento dos tubos do trecho por gravidade será dada continuidade aos procedimentos necessários à interligação. “Esperamos que a interligação do trecho por gravidade seja finalizada até 17 de agosto”, falou o presidente do DAEV, o engenheiro civil e sanitarista, Walter Gasi.

Além da extensão por gravidade, a nova rede de adução também compreende a parte de recalque, que será executada em trajeto de 1.634 metros em área rural. O trajeto total da segunda linha de captação do Rio Atibaia terá, até o fim das obras, de 3.834 metros.

A tubulação da nova adutora é em tubo de ferro fundido DN 400mm. A empresa que está responsável pela execução da obra, por meio da Tomada de Preços nº 1/2022, é a Conesan. Os materiais (tais como tubos, conexões, válvulas e parafusos para uniões flangeadas) são de fornecimento pelo DAEV.

Ganho hídrico

O volume a mais a ser captado por meio da nova adutora corresponde a, aproximadamente, 7,7 milhões de litros por dia. Atualmente, Valinhos capta do Rio Atibaia o equivalente a 250 litros por segundo, ou seja, 21,6 milhões de litros por dia.

Com os 90 litros por segundo a mais, o município alcançará a captação de 340 litros por segundo, que corresponderá ao total de 29,3 milhões de litros de água bruta por dia no sistema de tratamento de Valinhos. O destino final será a Estação de Tratamento de Água (ETA) II, no Vila Sônia.

Compartilhe:

https://twitter.com/intent/tweet?url=