DAEV - Departamento de Águas e Esgoto de Valinhos

Cidade está na bandeira amarela do Plano de Estiagem e Racionamento de Água; autarquia pede para que os moradores de Valinhos economizem água

Dados das barragens do DAEV em 22 de julho de 2021

O Departamento de Águas e Esgotos de Valinhos (DAEV), por meio do Departamento de Operações, informa que o percentual de reservação de água bruta em suas barragens está em 88% na Santana do Cuiabano, 75% na Moinho Velho, 45% na Figueiras e em 5% na João Antunes dos Santos. Os dados são de 22 de julho de 2021.

No Rio Atibaia - no ponto de captação de Valinhos (PS7) - a vazão também está menor. A identificada às 7 horas da manhã de hoje foi de 10,27m³/s. Apesar de operar sem restrições, a captação está 24,66% abaixo da média histórica ao mês, que é de 13,63 m³/s.

Outro dado muito relevante para Valinhos é que o Sistema Cantareira – de onde o Rio Atibaia recebe a água – está com apenas 42,2% do volume útil, correspondente a aproximadamente 981 milhões de metros cúbicos de água.

Dentro do Plano Municipal de Estiagem e Racionamento de Água, Valinhos está na bandeira amarela, com mananciais com diminuição do nível ou vazão. Também há a redução na captação normal, sem a necessidade de captações emergenciais e sem comprometer o abastecimento. 

Cadê a chuva 

Em relação ao percentual pluviométrico (índice de chuvas), ele continua abaixo do esperado e com acumulado em 0mm nas últimas 72 horas. Já no PS7 o acumulado pluviométrico até o 22º dia do mês foi de 0,40mm, o que representa apenas 1,2% do total estimado para julho, que tem como média 34,53mm de chuva. Assim, a cidade segue em período hidrológico seco.

A partir disso, a faixa de operação para julho de 2021 continua em atenção, exigindo a colaboração efetiva de toda população de Valinhos. Por isso, o DAEV pede para que todos utilizem a água com muita responsabilidade e evitem, ao máximo, o desperdício.

As fontes dos dados são a Sala de Situação PCJ e os dados de monitoramento e acompanhamento do Departamento de Operações do DAEV, em 22 de julho de 2021. Se precisar de mais informações sobre a situação hídrica de nossa cidade, visite a Sala de Situação na página principal do site da autarquia (www.daev.org.br).

Compartilhe:

https://twitter.com/intent/tweet?url=